• New Page 1

    RSSFacebookYouTubeInstagramTwitterYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTube  

PF procura grupo criminoso em SP e SC após moradora de São José ter conta da Caixa invadida e prejuízo de mais de R$ 10 mil


Operação é realizada por policiais federais de São José dos Campos, mas os mandados contra o grupo criminoso são cumpridos em outros locais, como Santo André e Florianópolis. PF procura grupo criminoso em SP e SC após moradora de São José ter conta da Caixa invadida e prejuízo de mais de R$ 10 mil
Divulgação/Polícia Federal
A Polícia Federal realiza na manhã desta terça-feira (28) uma operação contra um grupo criminoso suspeito de invadir o sistema eletrônico da Caixa Econômica Federal e furtar dinheiro de mais de 20 contas de vítimas.
✅ Clique aqui para seguir o canal do g1 Vale do Paraíba e região no WhatsApp
De acordo com a PF, as investigações tiveram início após uma mulher de São José dos Campos (SP) ter a conta invadida e sofrer um prejuízo de cerca de R$ 10 mil.
Ao descobrir o furto, a vítima procurou a Caixa e conseguiu ressarcimento. A empresa, então, abriu uma investigação, encontrou uma invasão no sistema e denunciou o crime o caso à Polícia Federal.
Após a denúncia, os policiais descobriram mais 20 casos e identificaram que os valores eram enviados para quase 30 contas bancárias, localizadas em 10 estados brasileiros.
PF procura grupo criminoso em SP e SC após moradora de São José ter conta da Caixa invadida e prejuízo de mais de R$ 10 mil
Divulgação/Polícia Federal
Segundo a polícia, as transferências para os criminosos eram realizadas de forma indevida e não autorizada, com o pagamento de boletos fictícios.
São cumpridos sete mandados de busca e apreensão na manhã desta terça-feira, sendo quatro em São Bernardo do Campo, um em Santo André, um em Sorocaba e um em Florianópolis (SC).
Leia mais notícias do Vale do Paraíba e região
Cerca de 40 policiais participaram da ação, sendo a maioria de São José dos Campos. Os mandados foram expedidos pela 8ª Vara Federal Criminal de São Paulo.
Durante as investigações, foram usadas informações da Coordenação de Repressão a Fraudes Bancárias, da própria PF, da Polícia Civil e da Federação Brasileira de Bancos (Febraban) para identificar os suspeitos.
Caso sejam condenados, os investigados podem responder pelos crimes de furto qualificado mediante fraude e associação criminosa.
PF procura grupo criminoso em SP e SC após moradora de São José ter conta da Caixa invadida e prejuízo de mais de R$ 10 mil
Divulgação/Polícia Federal
Veja mais notícias do Vale do Paraíba e região bragantina
Adicionar aos favoritos o Link permanente.