O que se sabe e o que falta esclarecer sobre a morte do casal de seguranças em loja de conveniência do Paraná


Crime aconteceu na madrugada de sábado (23), em Guarapuava. Polícia investiga possível terceira vítima dos disparos. Suspeito foi preso horas depois. g1 tenta contato com a defesa dele. Vídeo mostra momento em que cliente atira contra casal de seguranças em loja de conveniênc
A Polícia Civil está investigando a morte de um casal de seguranças em uma loja de conveniência de Guarapuava, na região central do Paraná.
Segundo informações iniciais, marido e mulher foram assassinados na madrugada de sábado (23), durante o horário de trabalho, após uma discussão com um cliente.
✅ Siga o canal do g1 PR no WhatsApp
✅ Siga o canal do g1 PR no Telegram
O crime foi filmado por câmeras de monitoramento, que registraram o momento em que Rodrigo Neumann Pires, de 43 anos, volta armado para o estabelecimento, após a discussão, e atira contra as vítimas. Veja vídeo acima.
O homem foi preso em flagrante na tarde de sábado (23) e no domingo (24) teve a prisão convertida em preventiva.
O g1 tenta contato com a defesa dele.
Veja, abaixo, o que se sabe e o que falta esclarecer sobre o caso:
Como aconteceu o crime?
Quem eram as vítimas?
Qual foi o motivo da discussão?
Quem é o suspeito?
Como foi a prisão do suspeito?
Houve outros feridos?
Por quais crimes o atirador deve responder?
Casal Vanderley Antônio de Lima, de 31 anos e Edinéia Gonçalves Oliveira, de 32 anos
Arquivo pessoal
LEIA TAMBÉM:
Faxinal: O que se sabe e o que falta esclarecer sobre acidente que matou filha de comunicador que descobriu morte durante live
Guarapuava: Casal morto após discussão com cliente em loja de conveniência receberia R$ 240 para fazer a segurança do local
Exclusivo: Médica suspeita de enganar pacientes com diagnósticos de câncer foi gravada por paciente comemorando retirada de falso melanoma; OUÇA
Como aconteceu o crime?
Segundo a Polícia Militar (PM) o crime ocorreu por volta da 1h de sábado (23), no Bairro Conradinho, na região central de Guarapuava.
A corporação explica que o caso iniciou com um desentendimento entre os seguranças e o suspeito na loja de conveniência. Na sequência, Rodrigo saiu do estabelecimento em um carro e, minutos depois, retornou armado.
Na gravação, é possível ver o momento em que o casal de seguranças está na porta do estabelecimento e, segundos depois, Rodrigo aparece atirando contra os dois, que correm para dentro da loja de conveniência.
Por outro ângulo, a imagem mostra que as vítimas tentam se esconder atrás da parede e são alcançadas pelo atirador.
Em um dado momento, a mulher é atingida e cai sobre as mesas. Vanderley golpeia o homem com um cassetete, mas é baleado e cai no chão. Ele se arrasta para trás de uma mesa de sinuca e Rodrigo sai do local.
Quem eram as vítimas?
Edinéia Gonçalves Oliveira e Vanderley Antônio de Lima
Reprodução
O casal foi identificado como Vanderley Antônio de Lima, de 31 anos, e Edinéia Gonçalves Oliveira, de 32 anos.
Ela morreu no local antes da chegada do socorro e ele foi socorrido pelo Samu e encaminhado em estado grave ao hospital, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu durante atendimento médico.
Os dois estavam casados havia sete anos e deixam quatro filhos, de 12 anos, 4 anos e dois gêmeos de 1 ano.
Larissa de Oliveira, amiga próxima do casal, contou que os dois estavam sempre juntos, até no trabalho. No dia do crime, cada um receberia R$ 120 para fazer a segurança da loja de conveniência na madrugada.
Eles foram sepultados no domingo (24), no cemitério municipal de Guarapuava, em meio a aplausos, carreta e buzinaço. Veja vídeo abaixo.
Aplausos, carreta e buzinaço marcam enterro de casal morto após discussão com cliente em
Qual foi o motivo da discussão?
O motivo da discussão inicial está sendo investigado pela polícia, que recebeu diversas versões sobre o caso.
Em depoimento, Rodrigo disse que levou um tapa no rosto de Edinéia e depois foi agredido por Vanderley, mas afirmou não saber o porquê.
Segundo o major Jackson Busnello, a PM recebeu informações de que o desentendimento iniciou porque Rodrigo contestou o valor cobrado dele pela loja de conveniência.
Já o delegado Alysson Souza, da Polícia Civil destaca que no Boletim de Ocorrência (B.O.) consta a informação de que testemunhas afirmaram que os seguranças abordaram Rodrigo por ele estar usando drogas no banheiro do estabelecimento.
“Agora iremos ouvir testemunhas e o dono da conveniência para saber quais das versões é a verdadeira”, reforma o delegado.
Quem é o suspeito?
O atirador foi identificado pela polícia como Rodrigo Neumann Pires, de 43 anos.
Ele é motorista e possui antecedentes criminais de violência doméstica, ameaça, injúria, resistência à prisão e desacato.
Como foi a prisão do suspeito?
Rodrigo Neumann Pires fugiu do local após o crime e foi localizado na estrada rural da região Guabiroba, em Guarapuava, no começo da tarde de sábado (23).
Segundo a PM, ele estava escondido em uma área de mata e não ofereceu resistência à prisão.
“O abordado confirmou os fatos e indicou o local onde teria escondido a arma utilizada no fato. Sendo assim, foi localizado um revólver, calibre .38, com numeração suprimida, municiado com cinco cartuchos intactos”, relata o B.O.
Arma do crime foi apreendida pela polícia
Reprodução
Houve outros feridos?
Inicialmente a informação era de que apenas o casal foi atingido pelos disparos, mas a polícia investiga a possibilidade de um terceiro segurança ter sido alvo dos ataques.
A informação será confirmada após análise de todas as imagens de câmeras de segurança e depoimentos de testemunhas.
Por quais crimes o atirador deve responder?
Segundo a Polícia Civil, Rodrigo Neumann Pires foi autuado em flagrante por duplo homicídio, qualificado por motivo fútil e impossibilidade de defesa das vítimas.
A pena prevista para os crimes é de 12 a 30 anos de prisão, de acordo com o Código Penal.
Caso haja a confirmação de que um terceiro segurança foi alvo dos disparos, o homem também pode ser indiciado por tentativa de homicídio.
VÍDEOS: Mais assistidos do g1 Paraná
Leia mais notícias da região no g1 Campos Gerais e Sul.
Adicionar aos favoritos o Link permanente.