• New Page 1

    RSSFacebookYouTubeInstagramTwitterYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTubeYouTube  

Polícia indicia agente penitenciário suspeito de assassinar cantor sertanejo a tiros durante churrasco


Crime ocorreu no domingo (25), em Votuporanga (SP), e o inquérito foi concluído nesta quarta-feira (28). Gustavo Caporalini, de 39 anos, foi atingido por três tiros, após o agente penitenciário Rodrigo Marques, de 42, invadir a casa dele. Rodrigo Marques (à esquerda) e Gustavo Caporalini (à direita); agente penitenciário assassinou cantor sertanejo em Votuporanga (SP)
Arquivo pessoal
A Polícia Civil indiciou o agente penitenciário suspeito de assassinar o cantor sertanejo a tiros durante um churrasco por homicídio qualificado, lesão corporal, ameaça e tentativa de homicídio.
📲 Participe do canal do g1 Rio Preto e Araçatuba no WhatsApp
Rodrigo Marques, de 42 anos, está preso em Paulo de Faria (SP) após assassinato em Votuporanga (SP)
Arquivo pessoal
O crime ocorreu no domingo (25), em Votuporanga (SP), e o inquérito foi concluído nesta quarta-feira (28). Na ocasião, Gustavo Caporalini, de 39 anos, foi atingido por três tiros, após o agente penitenciário Rodrigo Marques, de 42, invadir a casa dele (relembre abaixo).
Segundo o delegado responsável pelo crime, Marcos Tirapelli, Rodrigo está preso preventivamente em Paulo de Faria (SP) e, se condenado, pode pegar até 30 anos de prisão.
Gustavo Caporalini foi alvejado dentro da própria casa
Arquivo pessoal
O crime, conforme o delegado, teria sido motivado por ciúmes após um suposto envolvimento amoroso da ex-esposa do agente penitenciário com o cantor. A mulher, inclusive, foi agredida pelo criminoso no dia anterior.
Na delegacia, o pai do sertanejo, Ormélio Caporalini lembrou, em entrevista à TV TEM, os momentos de terror vividos após Rodrigo alvejar o filho dele. De acordo com ele, o sertanejo correu para os fundos da casa e pediu socorro.
“Ele entrou para dentro da casa, forçando a porta e sabendo quem ele ia executar. Minha esposa do outro lado estava olhando e eu fazia o sinal com a cabeça de que não tinha mais nosso filho”, lembrou emocionado o pai.
Tio de cantor sertanejo que chegou a lutar com suspeito de matar o sobrinho a tiros pede justiça durante enterro
O suspeito foi preso horas depois do crime, em Campina Verde (MG). Ele confessou o assassinato. Gustavo Caporalini foi enterrado no Cemitério e Crematório Jardim das Flores, em Votuporanga.
O crime
Rodrigo Marques, de 42 anos, é agente penitenciário e foi preso em Campina Verde (MG)
Arquivo pessoal
O cantor sertanejo Gustavo estava em casa, em um churrasco com a família, quando foi baleado. De acordo com Polícia Civil, o criminoso chegou ao imóvel se apresentando como policial e, logo que Gustavo foi atender, foi alvejado.
No momento do crime, os pais, três filhos de Gustavo e um tio dele, que é policial, estavam na casa. O tio policial chegou a brigar e ser baleado pelo criminoso.
Gustavo foi socorrido por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levado para o pronto-socorro da cidade. Segundo a Santa Casa de Votuporanga, o sertanejo foi atendido, mas morreu às 14h18.
Cantor sertanejo foi morto a tiros em Votuporanga (SP)
Reprodução/TV TEM
Veja mais notícias da região no g1 Rio Preto e Araçatuba
VÍDEOS: confira as reportagens da TV TEM
Adicionar aos favoritos o Link permanente.